> Em breve muitas novidades. Fiquem atentos ao nosso portal.

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

Salve Virgem Mártir de Siracusa

Caríssimos irmãos, é chegada a hora da festa de nossa amada padroeira Santa Luzia, desde meados de agosto último a equipe organizadora prepara com muito carinho a Festa de Santa Luzia 2010. No período de 03 a 12 de dezembro estaremos elevando a Deus por meio de Santa Luzia nossos louvores e gratidão realizando a sua festa, que traz como tema central: "Adoro a um só Deus verdadeiro, e a Ele prometi Amor e Fidelidade".
Na abertura dos festejos, sexta-feira (03/12), nos concentraremos no cruzamento da Av. Bela Vista c/ Av. Cidade Praia, saindo em carreata passando pela Av. da Chegança, Rua Tijuana, Av. Nila Jales, chegando na Igreja Matriz, logo será hasteado as bandeiras e em seguida, Celebração da Santa Missa e novena. E na parte social, haverá show c/ Pe. Humberto Negreiros - Um Acústico Diferente.

Programação litúrgica: Todos os dias haverá a reza do terço as 18h00, e as 19h30, novena e missa. Haverá Casamento Comunitário, sábado (04/12), as 16h00; Celebração da Primeira Eucaristia, domingo (05/12), as 9h00; Celebração do Santo Crisma, segunda-feira (06/12), as 19h30; Celebração da Santa Missa com Oração por Cura, terça-feira (07/12), presidida pelo Adm. Paroquial, Pe. Humberto Luiz de Negreiros; Missa com Unção dos Enfermos, quinta-feira (09/12), as 8h00; Pregação, Louvor e Adoração ao Santíssimo, das 15h00 as 18h00 (transmitido pela Rádio Rural de Natal - Canção Nova); Batizados, domingo (12/12), as 9h00; Haverá também um grande pipocaço ao meio dia. E no seu encerramento, domingo (12/12), acontecerá a procissão pelas ruas da comunidade e em seguida será celebrada a Missa Solene de Santa Luzia, e a descida das bandeiras, e apresentação do AUTO DE SANTA LUZIA.

Programação Social: Todos os dias haverá barracas com comidas típicas, bazar, pescaria, artigos religiosos, apresentações culturais e bandas católicas.
Sexta-feira (03/12) - Pe. Humberto Negreiros - Um Acústico Diferente;
Sábado (04/12) - CRISTOLUX - com DJ Jan;
Domingo (05/12) - FESTCRIANÇA - a partir das 15h30;
JANTAR DE CONFRATERNIZAÇÃO - com a banda Mistura Fina;
Segunda-feira (06/12) - Atração Surpresa;
Terça-feira (07/12) - DESFILE FASHION SANTA LUZIA;
Quarta-feira (08/12) - Jobson Maia (Roberto Carlos Cover);
Quinta-feira (09/12) - Me Chama que eu Vou;
Sexta-feira (10/12) - Leilão com Gilberto Leiloeiro e José Antônio;
Sábado (11/12) - Ação Social - das 9h00 as 13h00;
FESTA BAILE - com a Banda Taxa Alta (antigo Cafofo);
Domingo (12/12) - AUTO DE SANTA LUZIA
Resultado final da gincana; Sorteio da Rifa.
A sua presença nos alegrará

domingo, 14 de novembro de 2010

Salve Nossa Senhora da Apresentação, nossa padroeira

Conta a tradição que pescadores estavam pescando no Rio Potengi, na manhã do dia 21 de novembro de 1753, quando lançaram a rede e, ao puxá-la, encontraram um caixote que estava encalhado numa pedra, local hoje conhecido como Pedra do Rosário. Dentro do caixote havia uma imagem de Nossa Senhora, com um menino no colo e uma mão estendida, aparentando sustentar alguma coisa. Logo, deduziram que fosse um rosário. Junto à imagem havia a seguinte mensagem: “Onde esta imagem parar, nenhuma desgraça acontecerá”.


“O vigário da Paróquia naquela época, o padre Manoel Correia Gomes, informado sobre a descoberta, foi ao local e levou a imagem para a Igreja Matriz, sabendo que se tratava de uma imagem de Nossa Senhora do Rosário. Porém, a padroeira da cidade ficou conhecida por Nossa Senhora da Apresentação, porque no calendário litúrgico da Igreja, o dia 21 de novembro é o dia em que se festeja a apresentação da Mãe de Jesus no Templo, quando tinha 12 anos de idade”, conta Thiago Augusto, coordenador da Pastoral da Comunicação, na Paróquia de Nossa Senhora da Apresentação, na Cidade Alta.



As mudanças

A devoção a Nossa Senhora da Apresentação, na capital potiguar, existe, portanto, há mais de 250 anos. Quando da criação da Diocese de Natal, em 1909, ela logo foi nomeada padroeira da primeira Diocese do Rio Grande do Norte.


A festa em honra da padroeira da capital e da Arquidiocese foi se modificando à medida em que a cidade cresceu. Mons. Agnelo Dantas Barretto é pároco da Paróquia de Nossa Senhora da Apresentação, na Cidade Alta, há 20 anos. Antes, porém, ele já acompanhava a festa, quando fazia parte de uma equipe sacerdotal, conduzida pelo então bispo auxiliar de Natal, Dom Antônio Soares Costa. É o Mons. Agnelo quem recorda como era a festa da Apresentação, quando os principais meios de transporte de Natal eram o bonde e o ônibus.


Segundo ele, o novenário era intenso, na Igreja de Nossa Senhora da Apresentação, hoje conhecida como antiga Catedral. A programação social era desenvolvida na Praça André de Albuquerque, em frente à Igreja. “A cidade era pequena, não tinha tanta violência e isso contribuia para que as pessoas pudessem participar das festividades”, recorda.


Em 1988, com a inauguração da Catedral Metropolitana, os festejos também passaram a acontecer no novo endereço. Depois, de acordo com o Mons. Agnelo, começaram a ser realizadas atividades da festa nas duas igrejas: Catedral Metropolitana e antiga Catedral, assim como ainda acontece, nos dias atuais. “Na antiga Catedral, por exemplo, realizamos as caminhadas diárias, de 12 a 20 de novembro, começando às 5 da manhã, da Igreja do Rosário, terminando às 5h30, na Matriz, com a celebração eucarística, na intenção de todos os peregrinos”, relata Mons. Agnelo.

Em 2010
A partir deste ano de 2010, os fiéis homenageiam, em única festa, a padroeira da Arquidiocese, da cidade do Natal e das Paróquias da Catedral e de Nossa Senhora da Apresentação, ambas na Cidade Alta.




fonte: Arquidiocese de Natal